Hospitais cancelam cirurgias sem urgência para atender feridos dos confrontos

Os hospitais municipais Salgado Filho, no Méier, zona norte, o Miguel Couto, na Gávea, zona sul, Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona oeste e o Souza Aguiar, no Centro da cidade do Rio de Janeiro anunciaram o cancelamento das cirurgias eletivas.

A medida pode ser tomada já que este tipo de cirurgia que não tem urgência já que sem ela o paciente não está sob o risco de vida imediato ou sofrimento intenso, podendo ser efetuada em data uma escolhida por ele ou pelo médico, desde que esta data não comprometa a eficácia do tratamento.

Até o momento, o número de feridos direcionados a estas unidades não foi informado.

De acordo com a assessoria da secretaria, o secretário municipal de saúde Hans Dohmann está no Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV) com o secretário Sérgio Cortes, coordenando as ações de assistência às vítimas.

Entre outras medidas, houve reforço de profissionais nas unidades de emergência, principalmente nas Upas do Alemão e de Madureira.

De acordo com a secretaria, a Central de Regulação de leitos está de prontidão para direcionar vagas de internação nas unidades de saúde e funcionando no Getúlio Vargas. Já as ambulâncias da rede municipal foram colocadas à disposição para transferência de pacientes

Esse post foi publicado em anticristo, apocalipse, Apostasia, barack obama, chip, Diversidade, gripe suina, haarp, marca da besta, Menssagem subliminar, nova ordem mundial, Ocultismo, ONU, Rio de Janeiro. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s