Operários sao escravizados em fábricas na China



Os funcionários estão a caminho para resgatar pelo menos 11 trabalhadores que tenham sido alimentados com “comida dada aos cães”.


Houve casos anteriores de fábricas na China usando “escravo” do trabalho

Pelo menos 11 trabalhadores, incluindo oito pessoas com deficiência intelectual, foram vendidos a uma fábrica de materiais de construção na região chinesa de Xinjiang a trabalhar sem remuneração, de acordo com informações da imprensa estatal chinesa.

O Global Times noticiou que um homem chamado Zeng Lingquan na província de Sichuan, sudoeste havia sido preso por supostamente vender esses trabalhadores para a Construção Verde Jiaersi Material fábrica química.

Um oficial chinês disse nesta terça-feira que as autoridades estavam a caminho para resgatar o grupo, informaram agências de notícias, citando outros estabelecimentos estatais de comunicação social que não revelou o nome.

“Estamos indo para resgatá-los e ajudá-los com os seus direitos”, disse o oficial, que daria somente seu sobrenome Tang.

Autoridades disseram que os trabalhadores foram confinados à fábrica, que vivem em condições miseráveis e trabalhadoras, pelo menos, três anos.

A mídia estatal relatórios citados autoridades, dizendo que os trabalhadores não recebiam equipamentos de proteção e tiveram a mesma comida que os cães o líder fábrica.

No entanto, os relatórios não dizer se alguém da fábrica havia sido preso.

A fábrica alegou que Zeng tinha fundado uma agência de mendigos “adoção no município de Qu, embora nenhuma dessas agências está registrado lá, de acordo com relatórios.

Nenhum número de telefone está listado para a fábrica e no governo do condado Tuokexun em Xinjiang, onde a fábrica está baseada, telefone tocou sem resposta.

China teve casos anteriores de pessoas mentalmente doentes sendo abusada como trabalhadores.

Em maio de 2009, a polícia na província oriental de Anhui prendeu 10 homens por alegadamente escravizando mais de 30 pessoas portadoras de deficiência mental que foram forçados a trabalhar em olarias.

Centenas de escravos forno de tijolo, muitas delas deficientes, foram libertados em operações em 2007 no norte da China

Esse post foi publicado em anticristo, apocalipse, Apostasia, barack obama, chip, Diversidade, gripe suina, haarp, marca da besta, Menssagem subliminar, nova ordem mundial, Ocultismo, ONU. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s